Viagem tranquila!

Viagem tranquila!

Seguro residencial protege o imóvel contra roubo e imprevistos, especialmente nas férias.

Reforçar a segurança contra roubos e evitar imprevistos. Esses são os principais benefícios da contratação de um seguro residencial, especialmente para o período de férias, em que a casa geralmente fica vazia e mais suscetível a assalto. Problemas como um vendaval ou curto-circuito também podem acontecer e serem mais difíceis de controlar estando o morador fora de casa.
Uma ideia equivocada que boa parte das pessoas tem é de que o seguro residencial é muito caro. Na ponta do lápis, ele é bem mais em conta do que o seguro do automóvel. Tome-se como exemplo uma casa de R$ 300 mil, em alvenaria, considerando o seguro para a estrutura e para os objetos internos.
Considerando para o bem uma importância segurada de R$ 300 mil para incêndio, com coberturas básicas não muito elevadas de vendaval, danos elétricos, roubo e responsabilidade civil, o seguro sairia em torno de R$ 400,00 a R$ 500,00 por ano. Já para um automóvel de R$ 100 mil, levando em conta um perfil de condutor de 40 anos e casado, uma apólice com poucos anos de renovação, o seguro ficaria, em média, entre R$ 3 mil e R$ 4 mil por ano.
É importante ressaltar que o cálculo do preço do seguro para imóvel e do seguro para carro é mais complexo do que o descrito acima. Para se chegar ao valor final do seguro residencial, devem-se considerar as coberturas contratadas, bem como localização e características do imóvel. O mesmo vale para a cotação do seguro do automóvel, em que são considerados itens como CEP de pernoite do veículo, bonificação da apólice, tipo de veículo, entre outros aspectos.
Como contratar o seguro residencial?
O seguro residencial pode ser contratado para estrutura e para o conteúdo, individualmente ou combinados. Na primeira modalidade, estão segurados apenas os bens incorporados ao imóvel, como telhado, paredes e forro, além da parte elétrica e hidráulica da edificação. Quanto ao conteúdo, estão cobertos os bens do interior da residência, como móveis, eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos.
A cobertura de incêndio é a única que é obrigatória. No entanto, o seguro residencial deve ter no mínimo duas coberturas contratadas. Normalmente, a apólice do seguro residencial tem vigência de um ano, com renovação por igual período, embora também possa ser contratada no modelo plurianual. 
Precisa do Seguro Residencial? Fale com a Senzala Corretora de Seguros pelo telefone (41) 3025-3365