Manutenção, reformas e consertos do imóvel alugado

Manutenção, reformas e consertos do imóvel alugado
Free Digital Photos by Ambro

É inevitável o surgimento de alguns problemas entre inquilino e proprietário do imóvel alugado. Há dúvidas sobre de quem é a responsabilidade dos reparos no imóvel, sobre as contas a serem pagas e sobre reajuste no valor da locação
O inquilino deveria cuidar do imóvel como se ele fosse o proprietário. Assim reduziram grande parte dos conflitos. Pode pintar e furar a parede, mas ao devolver o imóvel, este tem que estar como inquilino o recebeu. Como diz no contrato de locação.
A manutenção do imóvel é de responsabilidade do inquilino. Este deve zelar pela conversação, deve mantê-lo em boas condições.
Já os consertos estruturais são de responsabilidade do proprietário. Como por exemplo, problemas na rede elétrica ou hidráulica e esgoto.
As reformas e benfeitorias só devem ser feitas com a devida autorização do proprietário e de preferência por escrito. Pode mudar a pintura, abertura das portas e paredes, colocação de alarme, mas somente com a aprovação ou o inquilino pode até receber multas e punições previstas em contrato.
Qualquer benfeitoria realizada sem autorização é considerada uma infração contratual, por isso é fundamental avisar a imobiliária e ter autorização por escrito do proprietário. 
A imobiliária só autoriza as alterações no imóvel somente se o locador aprovar.
Se o inquilino causa danos ao imóvel durante a locação, terá que consertar tudo antes de entregar o imóvel.